Aumentando os resultados do seu perfil no Linkedin.

Aumentando os resultados do seu perfil no Linkedin.

O LinkedIn, é a maior rede social profissional. Aumentar seu networking por lá, pode fazer bem para os negócios e ampliar a capacidade da sua marca.

Todos ficamos frustrados com a maneira como o Facebook escolhe arbitrariamente compartilhar conteúdos e como se tornou cada vez mais difícil obter qualquer alcance orgânico. Isso faz com que empregadores, clientes e solicitantes de serviços B2B, se voltem ao LinkedIn na busca por informações e conexões confiáveis.
 
O LinkedIn tem mais de 260 milhões de usuários ATIVOS. E embora o Facebook e o Instagram, possam ser os “garotões” do bairro, o LinkedIn é o estadista mais velho. Já existe há mais tempo e é conhecido como o “site de rede profissional”.

Muitas pessoas pensam no LinkedIn, como uma ferramenta para simplesmente postar suas experiências profissionais na esperança de conseguir um emprego ou ser recrutado para uma melhor. No entanto, o LinkedIn é muito mais do que isso. Em primeiro lugar, da perspectiva do proprietário da empresa, é uma ferramenta para gerar relacionamentos mais profundos e poderosos com suas conexões e desenvolver seu branding.

Linkedin

O número de contatos é importante?

Um passo fundamental para construir sua marca pessoal no Linkedin, é possuir uma rede de contatos ampla e composta por usuários importantes para sua área.

Quanto mais conexões de primeiro grau você tem, maior o número de conexões de segundo e terceiro grau. Isso é muito importante se você quer ser encontrado, porque aumenta as chances de alguém encontrar você numa busca ou de seu perfil ser exibido como sugestão de conexão.

Outro bom motivo para ter uma rede ampla, é que isso pode se traduzir em mais oportunidades, seja de emprego ou negócios.

Suas conexões podem ser clientes, vendedores, fornecedores, funcionários ou alguém que você conheceu brevemente em uma feira e concordou em se conectar via LinkedIn.

Crie uma boa Storytelling Para Contar Uma História Inspiradora.

As boas histórias, tem alguns elementos em comum: herói, vilão, conflito, êxtase, final impactante, entre outros…

Se você acessou o LinkedIn recentemente, já deve ter esbarrado com algum Top Voicer ou Influencer do Linkedin.

Já percebeu a estrutura que eles utilizam em suas postagens? Possuem longa duração, frases curtas como estrutura da sentença e edificante em sua mensagem.

A regra básica aqui é começar com um “gancho” (abordá-lo como se fosse um título), nunca passar de 2 a 3 linhas no início do texto (isso aumenta a legibilidade) e se posicionar coma alguma história curiosa.

Conte uma história sobre uma vez que você cometeu um erro em sua carreira. De quando você fez um investimento mas perdeu dinheiro Que lições você aprendeu com essa experiência?

Storytelling não é mentira. Não adianta pegar as técnicas para contar uma boa história e aplicar no seu perfil de forma mentirosa. Seja criativo e inspire seus contatos.

Linkedin

Conteúdo certo, para o público-alvo certo.

Se você é uma empresa no Linkedin, coloque-se no lugar do seu cliente-alvo por um momento.

Imagine que você é esse cliente no LinkedIn. Você está lá porque deseja se conectar com colegas, procurar emprego, criar redes digitais, prospectar clientes ou aprender sobre o que está acontecendo ao seu redor. Como a página inicial de uma empresa o ajudaria com isso?

Quando criar um anúncio, aponte ele para uma página de destino com conteúdo segmentado e de alto valor.

Leve em consideração, a mentalidade em que o visitante se encontra ao acessá-lo. Conteúdo direcionado, faz toda a diferença.

Interaja com suas conexões!

Reserve alguns momentos do dia, para comentar e interagir com postagens, artigos e vídeos de outras pessoas. Depois de fazer isso em algumas postagens, envie uma solicitação de conexão à pessoa. Eles estarão muito mais propensos a se conectar com você, se você for um rosto familiar.

artes para loja no facebook

Envie convites personalizados.

A famosa mensagem padrão, “Faça parte da minha rede no LinkedIn”, já é bastante conhecida pelos usuários do Linkedin, porém muitas vezes não desperta a atenção de quem recebe, aumentando as chances de você ser ignorado.

Escreva uma mensagem personalizada. Esta é uma excelente oportunidade para demonstrar a importância daquela pessoa para a sua carreira. Chame a pessoa pelo nome e descreva a razão do convite.

Faça contatos qualificados.

Geralmente, quando você cria seu perfil no LinkedIn, se conecta primeiro às pessoas que você já conhece, seus contatos de outras redes sociais ou de seu telefone. Mas vários de seus amigos não trabalham na mesma área que você, certo?

Então, é importante reservar um tempo para fazer pesquisas e se conectar com pessoas na sua área de atuação ou de interesse, afinal, o networking é uma das finalidades do LinkedIn.

Seja recomendado.

Quando você está procurando por um emprego, há um campo especial para reunir suas competências. Quando acessam seu perfil, seus conhecidos podem validar aquelas habilidades que eles garantem que você possui, gerando maior credibilidade.

Aperfeiçoe seu perfil no Linkedin.

Seu perfil no Linkedin está sem foto? Ou pior, a foto não é adequada?

Muitas vezes, nem aqueles que te conhecem te aceitarão caso seu perfil não tenha foto. E lembre-se: a foto deve ser profissional.

Atenção também para a descrição e biografia. Se você busca fazer contato com alguém que não conhece deve, ter muito cuidado com os detalhes.

Blog Gera Post.

Scroll Up